Ivory Talent

Carregando...

Receba nosso conteúdo por email, em primeira mão.

Enviando... Enviando...
  • Home »
  • Blog »
  • Quanto ganha um profissional de TI? As carreiras e possibilidades da área

Quanto ganha um profissional de TI? As carreiras e possibilidades da área

Profissional de TI - por Fernanda Pinheiro em 09/07/2020 - Leia em 7 minutos

Carreiras em TI oferecem boas remunerações e vastas oportunidades no mercado de trabalho. Descubra quanto ganha um profissional de TI e veja como aplicar para um emprego na área!

Você sabe quanto ganha um profissional de TI? A área tem sido uma das mais procuradas por jovens prestes a entrarem na faculdade e por profissionais que, desestimulados com o desempenho do restante do mercado de trabalho, são atraídos pelas boas oportunidades no campo da tecnologia da informação.

Afinal, já se fala há tanto tempo que TI é a profissão do futuro que esse dia finalmente chegou, basta olhar a lista das companhias mais valiosas do mundo para averiguar. As 5 primeiras fazem parte das Tech Giants, grupo de empresas de tecnologia que dominaram o mercado mundial a partir do Vale do Silício. 

Então, se você está iniciando na área de TI agora, ou se tem interesse em fazer uma transição de carreiras, esse texto é para você! Continue lendo e descubra:

Vamos lá?

Confira também: PJ ou CLT: o que vale mais a pena para profissionais de TI?

Afinal, quanto ganha um profissional de TI?

Nos últimos anos, a área de TI apresentou um crescimento meteórico, o que levou a uma enorme procura por mão-de-obra qualificada e especializada. 

Incapazes de suportar tamanha demanda, as universidades brasileiras estão muito aquém do necessário para formar o número de colaboradores que o mercado exige — em 2019, o déficit em profissionais de TI deixou quase 25 mil vagas ociosas, de acordo com a Brasscom. Como resultado disso, a lei da oferta e da procura fez o salário de um profissional de TI explodir.

O mecanismo da lei é simples: de um lado, há uma demanda cada vez maior por profissionais de TI; do outro, existe uma oferta limitada de formação acadêmica na área. Por isso, houve uma forte valorização das carreiras em TI.

Assim, os profissionais da área deixaram para trás aquele velho estereótipo de nerds trabalhando na garagem de casa e se tornaram uma das profissões mais bem-remuneradas do mercado.

De acordo com pesquisa da Robert Half, o piso do salário de um profissional de TI no Brasil é R$3.100, pagos a um desenvolvedor full-stack junior. Por exemplo, no caso de um analista junior de business intelligence (BI), a média salarial do país fica na faixa de R$3.850.

Adquirindo senioridade na função, a média salarial dessas duas funções mais que dobra — são R$8.100 para o desenvolvedor full-stack sênior e R$8.500 para um analista de BI. 

Em outras palavras, além de ter um número muito maior de vagas disponíveis, o piso salarial da área é bastante superior ao restante do mercado de trabalho brasileiro. Como se não fosse o bastante, à medida em que os profissionais de TI adquirem mais experiência, os seus salários aumentam substancialmente, fazendo esse gap salarial crescer ainda mais.

Quais são as 5 principais carreiras em TI?

De acordo com a mesma pesquisa, existem cinco profissões em TI que se destacam hoje no mercado brasileiro. São elas:

  1. Desenvolvedor

A grande maioria dos profissionais de TI no Brasil são desenvolvedores. Os devs, como são conhecidos, são responsáveis por elaborar e aplicar as soluções de TI em uma empresa, podendo atuar em diversas funções diferentes.

O cargo de desenvolvedor mais solicitado no Brasil é o full stack-developer, uma função generalista e que exige do profissional um conhecimento mais amplo. Aqui, um desenvolvedor full-stack júnior pode ganhar entre R$3.100 e R$6.300, enquanto o nível sênior conta com remunerações que vão de R$8.100 até R$16.500

  1. Analista em Segurança da Informação

As informações são um ativo cada vez mais valioso. Por isso, ataques virtuais, realizados por exércitos de hackers, se tornaram um negócio lucrativo, tanto para quem realiza essas operações ilegais quanto para aqueles responsáveis por prevení-las.

O campo da segurança da informação tem explodido em demanda, seja por empresas multinacionais ou por governos mundo afora. Isso levou a uma valorização tremenda dos analistas em segurança da informação, que passaram a ter uma renda média de R$5.250 no nível júnior. Com senioridade, esse valor pode ir até R$15.750.

  1. Cientista de Dados

É inegável que, ao longo da última década, as nossas vidas se tornaram crescentemente datificadas. Por exemplo, um levantamento feito pela IBM revelou que 90% dos dados da internet em 2013 foram criados apenas nos anos de 2011 e 2012, e desde então esse processo só se intensificou.

E já que os dados estão por toda parte, alguém precisa ser responsável por fazer sua extração, realizar sua curadoria e elaborar análises em cima do que apontam. É essa a função do cientista de dados, uma profissão cada vez mais demandada pelo mercado. Para se ter uma ideia, um especialista em dados tem um salário médio de R$13.000, podendo chegar até R$26.700 com senioridade.

  1. Gerente de TI

O gerente é uma posição sênior responsável por coordenar a equipe e os projetos de TI. Entre suas responsabilidades estão o monitoramento dos indicadores relevantes, a solicitação e distribuição dos recursos da área e a administração dos processos de TI.

Mas, com grandes responsabilidades vêm, também, grandes remunerações — a posição de product manager (gerente de produto) apresenta no Brasil um piso salarial de R$12.350 e um teto de R$25.152.

  1. Chief Technology Officer 

O Chief Technology Officer (CTO), também conhecido como Diretor-Chefe de Tecnologia, é o número 1 na hierarquia de TI em uma empresa. Ele é responsável por comandar as equipes, trabalhando em coordenação com os gerentes. Além disso, o diretor de TI cuida da elaboração das estratégias e do cumprimento das metas e objetivos da área.

À medida em que as empresas avançam em suas transformações digitais, a procura por Chief Technology Officer deve se torna cada vez maior. Hoje, o salário de um CTO costuma ficar, em média, entre R$24.700 e R$50.300 reais.

O que você precisa para se tornar um profissional de TI?

A área de TI exige um conhecimento técnico bastante aprofundado. Portanto, para se tornar um profissional do campo, é preciso mergulhar fundo e estudar bastante. O lado bom, porém, é que existem diversas maneiras diferentes de se aprender TI hoje em dia. 

Antigamente, era essencial cursar uma universidade pública, que conta com uma altíssima concorrência, ou fazer uma faculdade privada, que pode exigir mensalidades bem salgadas. 

Todavia, com o avanço da internet e a ampla disponibilização de informações de qualidade online, se tornou possível aprender TI no conforto da sua casa. Plataformas como a Khan Academy, por exemplo, oferecem cursos completos e gratuitos de matemática avançada e ciência da computação.

Além disso, para as empresas, a experiência profissional prévia é muito mais importante do que um diploma. Por isso, mesmo sem ter uma formação acadêmica específica para a área, você poderá arranjar um bom emprego em TI, contanto que tenha conhecimento na área e seja capaz de demonstrá-lo.

Como aplicar para um emprego em TI hoje?

Se você já possui formação ou experiência profissional em TI e está à procura de um novo emprego, nós temos a oportunidade perfeita para você!

A Ivory Talent é uma especialista em contratações de profissionais de TI, com décadas de experiência nas mãos do seu CEO, Daniel Vidigal. A nossa missão é reunir os melhores talentos com as melhores equipes e impulsionar a transformação digital das empresas brasileiras.

Ah, e o melhor de tudo? Você pode enviar seu currículo pra gente e entrar na disputa, ainda hoje, por uma vaga incrível no mercado!

Então, o que você está esperando? Envie agora o seu currículo para a Ivory Talent e dê um start na sua nova jornada!

E se você gostou do texto, não deixe de conferir estes outros conteúdos também:

Receba nosso conteúdo por email, em primeira mão.

Enviando... Enviando...