Logo Ivory Talent

Diversidade e inclusão: Qual a importância de promover?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A diversidade e a inclusão nas empresas aumentam a qualidade do trabalho e oferecem diferentes pontos de vista para para construir soluções que inovam

Diversidade e inclusão é uma preocupação constante das gestões que estão comprometidas de fato com a atração  e desenvolvimento de talentos. É justamente por isso que as empresas devem cada vez mais fomentar a pluralidade de pessoas que existem no mundo profissional. 

Segundo o estudo Diversity Matters, da consultoria McKinsey, apenas 21% dos profissionais do Brasil enxergam que há diversidade étnico-racial elevada na empresa onde trabalham. Ainda, em toda a América Latina, só 11% dos cargos executivos são protagonizados por mulheres.

Diversidade diz respeito a um grande conjunto de características que fazem cada pessoa única. Por isso, falar de diversidade e inclusão como uma realidade é pensar em um ambiente inclusivo, que rompe e se distancia dos padrões tradicionais. 

Impactos da diversidade e inclusão nas empresas

Um dos maiores benefícios é que a empresa que investe em diversidade atrai os melhores profissionais. Isso porque, as perspectivas diferentes trazem inúmeros pontos de vista para soluções inovadoras e resoluções de problemas. Além disso, quanto mais diverso o negócio é, mais alcance terá, pois vai conseguir oferecer produtos e soluções personalizadas para vários tipos de pessoas. 

A melhora da cultura organizacional, colaboradores e lideranças mais empáticas também são retornos desse investimento, já que a inclusão e a diversidade fazem com que todos se coloquem cada vez mais no lugar dos colegas e dos próprios clientes. 

Grupos de diversidade e inclusão

Para ficar mais claro, trouxemos os principais grupos de diversidade para mostrar na prática o que estamos falando: 

  • Gênero: os homens ocupam a maior parte dos grandes cargos e recebem salários muito mais altos do que as mulheres, quando todos deveriam ter os mesmos deveres, direitos e oportunidades de crescimento profissional;
  • Idade: o ideal é que as equipes fossem construídas por pessoas de diferentes faixas etárias, o que enriqueceria muito os projetos, devido à experiência de cada profissional. Mas o que vemos é que a realocação profissional de pessoas mais velhas é uma tarefa difícil;
  • Etnia: o Brasil é um país com grande diversidade étnica, de diferentes identidades. As empresas devem promover a diversidade étnico-racial, que combate o racismo e qualquer que seja a discriminação a um povo, sua cultura, costumes, origem, história e língua. Cerca de 56% da população brasileira é negra, só que menos de 5% dos cargos de gerência são ocupados por esses profissionais, de acordo com o Instituto Ethos;
  • Orientação sexual: as empresas devem oferecer oportunidades e criar programas de equidade, respeito e coibição de atitudes LGBTQIA+fóbicas. É essencial criar um ambiente propício para que as pessoas pertencentes a esse grupo se sintam confortáveis no ambiente de trabalho;
  • PCD: as pessoas com deficiência, independentemente de qual seja, também podem e devem acessar o mercado de trabalho. Mas, na prática, não é isso que observamos. 

Como promover a diversidade e inclusão na sua empresa?

Com um mercado estabelecido, muitas vezes, é um desafio romper com o machismo, o racismo, o capacitismo e outros preconceitos. Entretanto, alguns passos podem ajudar a mudar esse cenário: 

  • Diagnóstico de contexto: comece observando como é a diversidade na sua empresa. Pergunte aos colaboradores sobre a temática para entender o nível de conscientização de cada um e pesquise no mercado externo à sua organização. Assim, você pode organizar programas de diversidade para caminhar para uma empresa mais inclusiva;
  • Processo seletivo: durante o processo seletivo, considere a diversidade que existe dentro da sua empresa. Além das competências, é muito importante pensar também nesse aspecto. Inclusive, há algumas empresas que fazem processos seletivos exclusivos para inclusão e diversidade, como foi o caso do Magazine Luiza, que ofereceu vagas para trainee apenas para pessoas negras;
  • Crie políticas de diversidade e engaje os colaboradores: na cultura e regras da empresa, inclua esses assuntos e destaque o respeito às diferenças. Ainda, registre essas iniciativas e apresente-as para os colaboradores de forma clara e objetiva, mostrando a importância e o propósito. Eles também devem se sentir parte do desenvolvimento da diversidade;
  • Promova eventos e avaliações periódicas: palestras, cursos, formações etc. Há diversas formas de fazer com que o assunto esteja cada vez mais presente, além de educar os profissionais que trabalham com você. Junto a isso, crie avaliações de conhecimento e satisfação, ouvindo o que os colaboradores têm a dizer. Para a gestão da empresa, destaque no mercado as relações interpessoais e o respeito ao próximo. 

Informação é uma das chaves para a transformação. Promover diversidade cria oportunidades e é importante para os negócios e para a sociedade. O que a sua empresa tem feito pela inclusão? Pense nisso e comece seu processo de transformação, diversidade e inclusão só farão bem a seu negócio, colaboradores e sociedade.

Fale com um consultor