Logo Ivory Talent

Como motivar a equipe com incentivos não monetários

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Atualmente, os profissionais valorizam muito os incentivos não monetários oferecidos pelas empresas. Não estão avaliando somente salário, mas desejam entender como a organização valoriza o colaborador com benefícios extras, por exemplo, opção de home office. 

Com a pandemia da COVID-19, a preocupação com saúde e bem-estar no trabalho se tornou um dos pontos importantes na hora de decidir onde trabalhar. Hoje, os candidatos estão à procura de empregos que ajudem a equilibrar a vida pessoal e o trabalho. 

Somente a remuneração não é mais o gatilho para reter talentos. Ela deve ser só mais um item no pacote de benefícios que aquele empregado receberá dentro da empresa para se sentir valorizado e “vista a camisa” da empresa. 

Os profissionais estão à procura de empresas que valorizem o empregado. Por isso, as empresas devem se atentar a um novo fenômeno que vem ganhando força nos processos seletivos: a oferta de benefícios não monetários.

O que são benefícios não monetários? 

Os benefícios monetários são bastante conhecidos: Vale-Transporte, Vale-Refeição e Alimentação, Plano de Saúde e Odontológico. Eles fazem parte da estratégia de retenção de talentos no momento do processo. Trata-se de benefícios válidos e que continuam sendo necessários para atrair as pessoas.

Já os benefícios não monetários vão muito além do dinheiro. Isso porque, não vieram para substituir os financeiros, e sim são pensados para atender outras necessidades dos profissionais, como saúde e bem-estar, incidindo diretamente no comportamento e  performance. 

Além disso, esses benefícios são uma maneira de reforçar uma cultura organizacional que se preocupa com a qualidade de vida dos empregados. Confira alguns benefícios não monetários que as empresas oferecem atualmente. 

Trabalho Flexível 

Os profissionais têm valorizado muito a flexibilidade no trabalho, de forma que eles consigam executar suas tarefas de maneira mais tranquila e menos rígida. Essa flexibilidade pode ser: 

  • de horário;
  • possibilidade de trabalhar de casa, seja híbrido (metade em casa e metade no escritório) ou home office. 

Programas de bem-estar 

A saúde mental e o bem-estar se tornaram uma das pautas quando falamos de valorização do colaborador. Para isso, ter parceria com instituições que possam oferecer serviços voltados para esse tipo de assistência é essencial, por exemplo:   

  • apoio psicológico; 
  • parcerias com academias; 
  • incentivo à prática de exercícios; 
  • assistência odontológica. 

Incentivo à capacitação

Promover uma cultura de atualização e incentivo à capacitação dos colaboradores é uma ferramenta para mantê-los motivados a progredirem com suas carreiras. Ademais, profissionais mais qualificados estão mais aptos a entregar resultados diferenciados.

Reconhecimento por performance 

Quem não ama receber elogios por ter feito um bom projeto? No trabalho, isso não é diferente. Promover feedbacks é extremamente essencial para que a equipe fique cada vez mais alinhada com as metas e consiga entregar resultados. 

Além disso, reconheça os colaboradores que foram destaque em algum projeto com folga remunerada, além das férias. 

Adotar a estratégia de benefícios não monetários não influencia somente na vida do empregado, mas também na performance da empresa no geral. Isso porque, ao receber um pacote de benefícios, o empregado fica mais motivado, melhora a autoestima e, consequentemente, entrega resultados muito melhores. 

Agora que você já sabe como motivar sua equipe, podemos te auxiliar na busca por profissionais de tecnologia que dão match com o seu propósito. Aqui na Ivory Talent, você encontra diversas ferramentas que levarão os melhores profissionais e mais alinhados para sua empresa de forma mais efetiva. É o que você precisa? Fale com a gente para saber mais!

Fale com um consultor